sexta-feira, 10 de julho de 2009

a grande porca.....


Ao ler no jornal a Barca deste mês, a entrevista que Albano Santos concedeu, veio-me á mente a "grande porca" do Rafael Bordalo Pinheiro, e ver, que mais de um século depois a politica continua a ser uma grade porca onde todos querem mamar, nas suas tetas, e fazem de tudo para la chegar...


falando sobre as razoes de ter saído da câmara em 2005 albano diz o seguinte:

"Durante o mandato, estava tacitamente combinado entre o PS , Nelson de carvalho e eu, que Nelson de carvalho teria um lugar assegurado na assembleia da republica, e era necessário encontrar uma sucessão lógica. Com a minha ida em numero dois da lista, toda a gente compreendeu que essa sucessão estava em marcha”

vejam bem como sao as coisas, um candidata-se, mas esta a pensar em dar o salto para a uma teta maior, um tacho melhor..ser deputado. O outro entra como vice, mas o que ambiciona mesmo é ser presidente, mamar tambem numa teta maior. E tudo isto nas costas dos eleitores, isto é enganar as pessoas. Se a pequena elite, mesquinha abrantina, poderia saber dessa sucessao natural, porque no fundo nessa elite todos desejam o mesmo, um tacho melhor, a maioria das pessoas, que votou Nelson nao sabia nada disso, pois esses jogos de interesses sao coisas que passam ao lado da maioria das pessoas que tem de trabalhar 6 dias por semana, e ocupa o seu tempo a pensar como fazer o ordenado chegar ao fim do mes.

Mas infelizmente para o Nelsinho coitadinho, esse salto nao aconteceu, não conseguio um tacho melhor,e teve que se contentar com a presidência da câmara, o que o deixou de "cabeça perdida" e o Albano explica porque:

”…. Infelizmente para Nelson de carvalho , quem o estaria a apoiar para ele dar esse salto foi-o inviabilizando….” E afirma que foi o dr Lacão e o engenheiro Baltazar que inviabilizaram essa ida de Nelson para a assembleia. E porque?
Porque como ele afirma “não há espaço para duas pessoas de Abrantes na politica distrital nem nacional” Nelson de carvalho e Nelson Baltazar não podiam estar ambos noutro nível.. Nelson Baltazar acantonou nelsono de carvalho em Abrantes porque essa era a única hipótese de ele próprio se manter na esfera da assembleia da república"

percebem bem?? O Nelson, nao foi para a assembleia porque o outro Nelson que ja la esta, com medo de perder o seu bom tachito, inviabilizou a ida deste Nelson.
No fim disto tudo o Albano com a birrinha de ja nao vir a ser presidente, veio embora.

percebem agora como funciona a politica?? ainda acreditam que estes politicos, quando se canditatam, é para fazer o bem e o melhor pelo concelho e pelas pessoas? claro que nao.Eles so pensão nos seus interesses, tem ganhancia de ganharem sempre mais, e fazerem menus..so pensão nos seus umbigos,e no seu proveito proprio. É revoltante. "eles comem tudo e não deixam nada"

mas vale a pena lerem a entrevista completa no jornal A Barca de 09 de julho.

E digam lá se Rafael Bordalo Pinheiro não continua a ter razao??????


3 comentários:

Anónimo disse...

Como cidadão Abrantino, considero que esse arquitecto, candidato ao lugar de Presidente de Câmara, não passa de um "ressaivado" da politica, bem como de um destruidor da bela e antiga arquitectura da Cidade. O "crime" arquitectónico que cometeu na Rua Monteiro de Lima, com as destruição da parede de azulejos do Solar dos Alberty, substituindo o que eram belas janelas por portas de lata e vidro, o que me faz recordar a letra do fado A casa da Mariquinhas.
Não contente com o "crime" anterior, volta a cometer outro, na mesma Rua, e no mesmo Solar.
O povo da Cidade gostaria de saber as reais circunstâncias que levaram este senhor a retirar-se (ou a ser retirado) de vereador.
Penso que gente desta não serve para governar o Concelho de Abrantes, embora me mereça algum respeito alguns elementos da lista de candidatos, não contem com o meu voto e procurarei mais seguidores.

Cidadão abt disse...

Agora mais do que nunca a grande porca é assediada... com um senão... tem as tetas um pouco mais sêcas e mexe-se muito, o que dificulta bastante a mamada dos bacorinhos!Essas tetas parece que satisfizeram outros bacoritos dos bêpêpês dos bêpêénes... e assim.

Anónimo disse...

E se a conversa do Albano não fosse mais do que delírio?
Afinal, do que ele diz parece que nada se concretizou. E não seria mau ver como a maior parte da sua conversa não é mais do que delírio, sem apoio nos factos conhecidos.